Tirai a máscara!

MSCARA4bMas todos nós, com rosto descoberto, refletindo como um espelho a glória do Senhor, somos transformados de glória em glória na mesma imagem, como pelo Espírito do Senhor.”  (2 Coríntios 3.18).

Todas as vezes que leio o versículo acima, reflito sobre a necessidade que temos de sermos transparentes em tudo o que fazemos. Foco minha mente na expressão “rosto descoberto”, o que me dá a idéia de alguém sem nada no rosto, sem máscara.

É comum as pessoas usarem máscaras, mesmo que invisíveis aos olhos, mas são máscaras de comportamentos, de caráter, de atitudes, ações, emoçoes, etc. São máscaras que impedem as outras pessoas verem quem elas realmente são.

Alguns usam a máscara da religiosidade. São pessoas que parecem piedosas, dedicadas à sua religião, mas na verdade, por dentro são “sepulcros caiados”, conforme falou o Mestre. A dedicação à religião é uma espécie de “fuga” da realidade da vida. Essas pessoas não servem a Deus, mas a religião, e servem com medo do inferno ou mesmo da vida! O jovem rico é um exemplo disso. Ele era extremamente religioso, mas sabia que faltava algo em sua vida. Faltava a experiência da salvação! Faltava o desapego às riquezas terrenas! Tirar a máscara da religiosidade e ser verdadeiro diante de Deus! Ser dedicado a igreja não é um mal em si, mas quando essa dedicação é usada para encobrir fraquezas pessoais, para se esconder, para fugir da realidade, aí meu irmão é preciso tirar a máscara!

Tem a máscara da hipocrisia. São os fariseus da vida! Essas pessoas são capazes de condenar alguém sem qualquer piedade ou misericórida. São aquelas pessoas que apontam o dedo em direção as outras, condenando-as, porque fazendo isso estão purgando a si mesmas de suas próprias fraquezas. Condenam suas próprias fraquezas nos outros, numa espécie de catarse espiritual. Essas pessoas vivem de aparência. Dizem que são, mas não são. Parecem que são, mas não são. São os “denorexes” da vida! (desculpem-me o plural de Denorex, risos).

Há a máscara do ditador. Você já viu aquelas pessoas que querem mandar em tudo e em todos? Sabem tudo, podem tudo, querem tudo, fazem tudo. São absolutas! Não aceitam um “não” como resposta. Parecem “leões”, mas por dentro são “gatinhos” medrosos. Usam máscara para disfarçar seus medos e temores.

E a máscara da santidade? Você já viu alguém que é mais crente do que todo mundo, mais santo do que todos? Tudo é pecado, tem que orar o tempo todo, jejuar, se consagrar, ir pra igreja. Jesus, é muita santidade! É uma história de o “sangue de Jesus tem poder” o tempo todo e pra tudo! Só a graça! Tire a máscara!

E são tantas máscaras que o o espaço aqui é pequeno para falar de todas! Vou ficar por aqui. É só um reflexão! Será que usamos máscaras o tempo todo?

O melhor mesmo é ficar com o “rosto descoberto, refletindo como um espelho a glória do Senhor, sendo transformados de glória em glória na mesma imagem, como pelo Espírito do Senhor”, do que usar qualquer tipo de máscara! Sejamos nós mesmos, sinceros, verdadeiros, amantes do bem, honestos, crentes de verdade!

Que Deus nos ajude a tirar as nossas máscaras, sejam elas quais forem!

Amém!

Advertisements

About Auriberto Feitosa

Ministro do Evangelho de Jesus Cristo, ou seja, simplesmente um servo.
This entry was posted in Uncategorized. Bookmark the permalink.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s